MARACA APRESENTA MOÇÃO DE REPUDIO AO DAESP POR OMISSÃO DE INFORMAÇÕES E PREPARA OITIVA EM SÃO PAULO

‘’Estamos indignados com a omissão de informações do Departamento para com a Comissão Especial de estudo (CEE) da Internacionalização do Aeroporto Leite Lopes, preparamos questionamentos fundamentais para o andamento de nossos estudos, esperamos esta resposta há três meses e nada”, disse o vereadorMaraca. 


Tendo em vista que depois de muito esforço para conseguir uma posição do DAESP (DEPARTAMENTO AEROVIÁRIO DO ESTADO DE SÃO PAULO), a respeito do questionamento feito pela comissão especial de estudos criada para acompanhar e contribuir para o processo de internacionalização do Aeroporto Leite Lopes, o Vereador Alessandro Maraca presidente da comissão, apresentou no dia 14 de dezembro o pedido de Moção de Repudio à posição da empresa.

CONVOCAÇÃO
O vereador Maraca já propôs aos deputados Léo Oliveira e Baleia Rossi uma convocação na Assembleia Legislativa de São Paulo, onde membros do DAESP seriam obrigados a comparecer para não infringirem a Lei.
Léo Oliveira, por ser deputado estadual, será o autor da convocação. O deputado federal Baleia Rossi, parlamentar que atuou diretamente na recente liberação dos R$ 80 milhões de reais para as obras de ampliação do aeroporto, já confirmou interesse em estar presente na convocação em São Paulo.
“As obras estão paralisadas, precisamos saber a quem interessa essa ociosidade já que a verba foi liberada”, concluiu Maraca.

Entenda o caso
A Comissão Especial de Estudos convidou inicialmente para oitiva o Administrador Regional do DAESP de Ribeirão Preto o Sr. Álvaro Cardoso Junior, que não compareceu, enviando a resposta, que: “questões sobre a internacionalização do aeroporto Leite Lopes, a sua pessoa não poderia contribuir, e sim o DAESP de São Paulo”.
A comissão o convidou novamente para uma próxima oitiva uma vez que ele como responsável pelo aeroporto de Ribeirão Preto poderia contribuir sim com alguns dados não relacionados com a internacionalização, porém, a Superintendência do DAESP de São Paulo, respondeu por oficio que o Sr. Álvaro não poderia comparecer, e que qualquer questionamento sobre a internacionalização poderia encaminhar por oficio que eles responderiam.
O oficio da CEE foi recebido pelo Superintendente do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo, Fabio Calloni, no dia 12 de Setembro, e até a presente data nenhuma resposta foi encaminhada.
Depois de muita cobrança a Comissão decidiu apresentar Moção de Repudio contra o Departamento.

Foto: Fundace26167898_1254072434736707_1748712593967635479_n

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s